25 julho, 2021

Vendas caem no início de janeiro com Fiat e Stellantis na liderança

Na primeira quinzena do ano emplacamentos recuaram 12% em relação a 2020, com movimento de 7.933 veículos por dia útil 

O ano começou fraco com a média de 7.933 emplacamentos em cada um dos seus primeiros dez dias úteis, somando 79.336 carros e comerciais leves vendidos entre 1º e 16 de janeiro, segundo números apurados pela Autoinforme. O resultado representa queda de 12% em comparação com o mesmo período de 2020, quando a média foi de 9.129 veículos emplacados por dia útil. 

Em relação à primeira quinzena de dezembro queda foi bem maior, 37,8%, o que é compreensível porque normalmente o último mês do ano costuma ser também o mais aquecido, enquanto o primeiro é o pior. 

FIAT E STELLANTIS NA LIDERANÇA

A Fiat, que liderou o mercado brasileiro no último trimestre de 2020, confirmou seu primeiro lugar no ranking das marcas mais vendidas na primeira quinzena de janeiro, abrindo mais espaço sobre a segunda colocada com a venda de 14.244 veículos, o que garantiu 18% de participação, mais de um ponto porcentual à frente da Volkswagen, que dominou 16,7% do das vendas com 13.239 unidades emplacadas, embolada com a GM/Chevrolet na terceira posição, que emplacou 13.122 carros e ficou com 16,5%. A Hyundai permaneceu com uma folgada quarta colocação (7.007 e 8,8%) e a Jeep aparece entre as cinco marcas mais vendidas (6.291 e 7,9%). 

As marcas da recém-criada Stellantis, fusão da PSA com a FCA, dominam amplamente o mercado brasileiro de veículos com generosa fatia de 27,5% do emplacamentos neste início de ano e de suas operações como uma só empresa. A FCA já liderava o ranking de fabricantes com suas três marcas no Brasil (Fiat, Jeep e Ram) e agora ampliou um pouco mais sua margem na dianteira com Peugeot e Citroën vindas da PSA. 

Além de ter a Fiat como primeira do ranking, a Stellantis colocou a Jeep em quinto lugar. Mesmo que com volumes bem menores, o desempenho foi melhorado com as vendas da Peugeot, 12ª colocada no mercado geral, da Citroën em 16º e da Ram em 20º. Assim, a nova empresa vendeu na primeira quinzena de janeiro 21.799 unidades, ou 2.180 carros por dia útil. 

Veja abaixo o desempenho das marcas da Stellantis no mercado brasileiro na primeira quinzena de janeiro:

Voltar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *