23 abril, 2024

Seguro Auto volta a se destacar, com crescimento de 33,3%

Dados divulgados pela Susep nesta quinta-feira (20 de outubro) indicam que, de janeiro a agosto, a receita apurada no ramo de veículos somou pouco mais de R$ 32,3 bilhões, com crescimento de 33,3% em comparação ao mesmo período em 20210. Esse ramo respondeu por 43,8% da receita global dos seguros de danos nos oito primeiros meses do ano, consolidando sua posição de principal carteira de seguros do mercado brasileiro.

Em termos percentuais, o destaque foi o seguro rural, com avanço de 42,5% da receita de prêmios, para pouco menos de R$ 9 bilhões.

Já em valores, se destacou, mais uma vez, VGBL, com receita de R$ 95,2 bilhões, crescimento de 14,4%. Segundo a Susep, o VGBL gerou 72% da receita global do ramo de pessoas entre janeiro a agosto.

A Susep informou ainda que a arrecadação de todo o setor supervisionado (seguros, previdência aberta e capitalização) acumulada até agosto foi de R$ 233,33 bilhões, o que representa crescimento de 17,4% em relação ao mesmo período de 2021, muito acima da grande maioria dos segmentos econômicos do Brasil.

Na avaliação do superintendente da Susep, Alexandre Camillo, esses números atestam a capacidade de inovação e dinamismo do setor. “Implementamos e continuaremos implementando projetos e iniciativas para modernizar, simplificar e popularizar o setor de seguros, buscando torná-lo acessível a todos os brasileiros. Esse é o grande objetivo da nossa gestão”, afirmou Camillo, em comunicado distribuído pela autarquia.

O documento também destaca que os segmentos de seguros de pessoas e danos apresentaram crescimento de 18,07% no acumulado até agosto de 2022, em relação ao mesmo período de 2021, com uma arrecadação acumulada até R$ 206,18 bilhões até agosto de 2022.

Nos seguros de pessoas, o grande destaque foi o seguro de vida, que atingiu o montante acumulado de R$ 17,48 bilhões. O valor corresponde a um crescimento de 16,3% em relação ao mesmo período de 2021.

Os seguros de danos continuam apresentando forte desempenho, com alta de 26,7% na arrecadação de prêmios na comparação do acumulado até agosto de 2022 com o mesmo período de 2021. A arrecadação de prêmios no seguro auto atingiu R$ 32,36 bilhões no acumulado até agosto de 2022, valor 33,3% superior ao do mesmo período de 2021.

A previdência aberta cresceu 5,6%, para R$ 8,8 bilhões; e a capitalização avançou 16,6%, arrecadando R$ 18,3 bilhões.

Voltar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *