2 julho, 2022

O que conferir na hora de comprar um carro

Para que a aquisição de um automóvel seja uma conquista em vez de um problema, é preciso que o comprador observe alguns pontos a fim de não ser enganado. Entretanto, o que considerar no momento de comprar um carro?

A concessionária ou o dono vendedor

Antes de começar o processo para comprar um carro, é essencial procurar referências sobre a concessionária que está vendendo: existem reclamações? Os carros que ela comercializa têm mesmo as características e funcionalidades que ela diz? Outros compradores tiveram problemas? No caso de compra de um dono, vale observar se ele se contradiz e se o carro que ele apresenta é o mesmo que ele descreve.

A correspondência de chassi

Ao adquirir um carro usado, é imprescindível entrar em contato com o Departamento Estadual de Trânsito DETRAN para saber se o chassi realmente é aquele. Se não houver correspondência, o carro pode ter alguma irregularidade.  No caso de o comprador adquirir o automóvel novo, ele deve cuidar do Certificado de Registro de Veículos (CRV) e o quem faz isso também é o DETRAN.

Como está a lataria?

Quando o automóvel possui algum amassado que parece ter sido disfarçado isso pode significar que existe uma camada de pintura escondendo algo e esse algo pode ser desde um defeito a características de um automóvel que seja procurado.

As tarefas prometidas

Tanto as concessionárias quanto os vendedores individuais elencam várias funcionalidades dos carros e quem compra precisa levar todas elas. Por isso, é muito importante conferi-las. Mesmo que leve tempo, o comprador precisa acionar cada um dos recursos e ver se eles respondem apropriadamente.

Alinhamento e o estado dos pneus

Carros que têm pneus tortos ou que parecem inclinados não estão em bom estado. É possível que ele tenha sido acidentado e consertado ou, no caso dos novos, que ele não tenha sido bem produzido. Não importa: em qualquer uma dessas situações, o comprador não estará fazendo um negócio vantajoso.

O preço está correto?

Depois de olhar todos esses aspectos do carro, é preciso pesquisar se o valor que a concessionária ou que o vendedor está pedindo está correto. Para isso, vale procurar referências, inclusive, em outros municípios ou estados. Se, em outros lugares, o interessado encontrar esse veículo por um preço menor, não deve fechar a compra. Importante usar também a tabela FIPE para avaliar o preço. Saiba como consultar a tabela FIPE: https://correctdataservicos.com.br/?p=942

Sem pagamentos até a compra

Se a concessionária ou o vendedor solicitarem algum adiantamento, é preciso cuidado. O pagamento precisa ser realizado somente quando o comprado tiver absoluta certeza do estado do automóvel e também de que ele é regular. O que pode ser pedido, depois de fechada a compra, é uma entrada. No entanto, nada diferente disso pode ser pedido.

Comprovações da compra

Seja pela concessionária ou pelo vendedor individual, as comprovações da compra e também da transferência, em caso do carro ser seminovo, precisam existir. Deve-se observar se os documentos são reais e guardá-los.

Trabalhamos com sistemas inteligentes que capturam, automatizam e gerenciam as informações para uma tomada de decisão mais assertiva, eliminando os riscos envolvidos nas transações com veículos, consumidores e empresas. Saiba mais em www.correctdata.com.br

Voltar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.