23 abril, 2024

Produção de veículos sobe 19,3% em setembro contra mesmo mês em 2021, diz Anfavea

Apesar da alta, a indústria de veículos não conseguiu repetir o ritmo de agosto, quando a produção alcançou a maior marca em 21 meses

A produção de veículos no país subiu 19,3% em setembro, quando comparada ao volume do mesmo mês de 2021, conforme balanço divulgado nesta sexta-feira (7), pela Anfavea, a associação que representa as montadoras. Foram produzidas 207,8 mil unidades, entre carros de passeio, utilitários leves, caminhões e ônibus.

Apesar do crescimento forte frente ao volume de um ano antes, período em que a falta de peças nas linhas de montagem era mais grave, a indústria de veículos não conseguiu repetir o ritmo de agosto, quando a produção alcançou a maior marca em 21 meses. O número de setembro representou uma queda de 12,7% contra agosto.

Desde o primeiro dia do ano, o crescimento da produção, que estava em 4,7%, subiu para 6,3%, com 1,76 milhão de veículos produzidos entre janeiro e setembro.

Embora o abastecimento de componentes eletrônicos continue irregular, o impacto da crise de escassez global de semicondutores não mostra a mesma intensidade de antes, com parte das montadoras conseguindo emendar mais dias sem interrupções.

Vendas

Com a recomposição da oferta de carros no mercado, as vendas de veículos no mês passado (194 mil unidades) subiram 25,1% contra setembro de 2021. Na comparação com agosto, mês que teve dois dias a mais de venda, os emplacamentos caíram 7%.

O ritmo diário, porém, subiu um pouco – de 9,1 mil para 9,2 mil unidades -, renovando a melhor média do ano.

Em meio à alta dos juros e seletividade dos bancos na liberação de crédito, as entregas para clientes frotistas, como locadoras, estão ajudando a compensar as restrições no varejo, canal que nos últimos meses passou a representar, de forma atípica, menos da metade das vendas de carros.

Conforme o balanço da Anfavea, a queda das vendas no acumulado desde o início do ano, que estava em 8% até agosto, foi reduzida para 4,7%. No total, 1,5 milhão de veículos foram emplacados de janeiro a setembro.

Exportações

As exportações seguem subindo frente ao ano passado, somando 28,5 mil veículos em setembro, 20,7% a mais do que no mesmo mês de 2021. De agosto para setembro, os embarques, que têm a Argentina como principal destino, caíram 39%.

Nos nove primeiros meses do ano, as montadoras exportaram 363,5 mil veículos, o que corresponde a um crescimento de 31,2%.

Emprego

O levantamento da Anfavea mostra ainda que as montadoras abriram 445 vagas de trabalho em setembro, encerrando o mês com 104,6 mil pessoas empregadas.

Voltar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *