23 abril, 2024

XP estreia no mercado de seguro auto em parceria com a Porto

Outras coberturas estão previstas para Pix, celular, cartão e novos produtos massificados de vida

A XP fechou parceria com a Porto (PSSA3) e está estreando no mercado de seguros de veículos. Com o acordo, a companhia pretende montar um marketplace de automóvel, algo semelhante ao que já possui com seguro de vida. A instituição financeira atua no mercado de seguros e previdência desde 2016, por meio da corretora de seguros e, em 2019, por meio da seguradora.

Até 2021, a XP operava apenas o ramo de vida. No ano passado, começou a vender outros tipos de seguros, como seguro-garantia, ramos elementares (garantia de perdas, danos e responsabilidades sobre objetos ou pessoas, excluídos os seguros do ramo de vida), além de saúde e odontológico com aquisição da BTR.

“A nossa atuação começa com a Porto Seguro [braço de seguros da holding Porto], que será a preferencial, mas o objetivo é ampliar os parceiros para termos um modelo mais completo e que atenda às necessidades do cliente”, comenta Roberto Teixeira, sócio e head de seguridade na XP.Inc, ao afirmar que a parceria contribuirá na oferta de um produto mais customizado ao cliente.

Ele explica que o seguro auto tem a característica de ser consultivo, com necessidade de mais interação com o cliente. Nesse ponto, a capilaridade dos assessores da XP pode contribuir para a expansão da carteira.

Teixeira destaca ainda que a parceria com a Porto faz parte da estratégia da companhia de ampliar a atuação em seguros tanto para pessoa física quanto para pessoa jurídica, e que essa expansão passa por ramos diferenciados.

Outras frentes

Com pouco mais de 250 fundos e R$ 60 bilhões sob gestão em previdência, a XP Seguridade vai expandir sua prateleira de produtos e sua presença na área de seguros em 2023, com o lançamento de coberturas para Pix, celular, cartão e novos produtos massificados de vida. A previsão é que algumas das novas modalidades estejam disponíveis ainda em março.

A companhia também pretende começar a operação em consórcio e residencial. “Nossa meta é ter uma prateleira completa de produtos para os nossos clientes”, diz Teixeira.

O executivo da área destaca ainda que, com o marketplace de previdência já consolidado, o foco da empresa se voltou para o setor de seguros, principalmente, em seguro de vida. “Diferentemente da previdência, que já está mais madura e consolidada, o setor de seguro ainda é embrionário”.

Ainda de acordo com Teixeira, a meta da área de Seguros é sair de uma participação de 7% na receita total da XP para algo entre 15% e 20% até 2025.

Em 2022, a companhia arrecadou cerca de R$ 600 milhões em prêmio (valores que os segurados pagam à seguradora) com seguro de vida. Hoje a companhia oferece em seu marketplace seguro de vida de seis empresas: Prudential, MetLife, MAG, Icatu, Omint e da própria XP Seguros.

A previsão, neste ano, é alcançar R$ 1 bilhão em arrecadação, já contando com as novas ofertas de produtos no canal mobile (celular) e no autosserviço aos clientes pessoa física. “Neste ano, acreditamos que o seguro de vida deverá ter um crescimento relevante”, avalia Teixeira ao citar que, sob a pandemia, mais pessoas passaram a buscar proteções tanto pessoais como para seus negócios.

Funcionalidades

O seguro de vida, diz Teixeira, pode ter várias funcionalidades. A que vem ganhando terreno é o uso do produto para planejamento financeiro, patrimonial e sucessório.

Além de novos produtos para pessoa física, a XP Seguros aposta nas pequenas e médias empresas, com opções de vida, garantia, D&O (seguro de responsabilidade civil de diretores), saúde e odontológico.

“Em PJ (pessoa jurídica), já atuamos nas áreas de saúde e ramos elementares. Agora, queremos entrar também nas pequenas e médias empresas e expandir as ofertas”, finaliza o executivo.

Voltar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *